06 abril 2012

Resenha: Para Sempre

     A vida que Kim e Krickitt Carpenter conheciam mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o seu casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a "Krickitt" com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava.



"Para sempre é mais que um livro, ou um filme, é uma história real.
Após ler esse livro percebi que muitas vezes somos injustos achando que nossa vida é difícil ou então desistindo das coisas que apresentam um pouco mais de desafio, mas olhando para essa história percebo que a maioria dos problemas são tão fáceis de resolver, enquanto há pessoas com problemas muito maiores.
Quando realmente se ama, um amor sincero e puro, tudo é possível, até mesmo reconquistar uma pessoa uma outra vez. E acho que isso é o que as pessoas deveriam aprender, quando tudo parecer difícil e nebuloso, quando há muitas brigas e falta de atenção, se realmente houver amor, só é preciso reconquistar, tanto o parceiro como a si mesmo.
Os protagonistas da história quase morreram e praticamente perderam um pedaço importante de seu passado, mas ainda sim, mesmo sem lembranças, mesmo com dificuldades, com brigas e transtorno, eles lutaram juntos, um pelo outro.
E é importante também citar que isso tudo só foi possível por causa da fé, sabe quando se fala de fé algumas pessoas acham que é sobre Deus, mas a fé não é só isso, claro que a maior fé é essa, mas essa não é a única fé, existe também a crença no amor, na procura de sua felicidade, a esperança. Essas são fé que todos podem e devem ter, cada um tem sua religião e ideologia, mas isso não quer dizer que a crença no amor é algo exclusivo da religião, porque não é. Não é preciso acreditar em anjos, ou em Deus para ter amor, por si próprio e pelo outros.
Eu sou cristã, mas mesmo que não fosse ainda acreditaria no amor.
Então não adianta dar a desculpa que só porque não acredita em Deus também não acredita nessas coisas, que só por causa disso não vai ver tal filme, ou ler tal livro.
Não importa no que você acredita, o importante é que todos devem ter amor, e esse livro fala exatamente disso, os escritores não querem fazer você acreditar em uma outra religião, só querem que você confie no coração, que tenha fé no amor, não importa pra quem seja.
E vendo essa história você percebe o quanto deve ter sido difícil, ele podia ter desistido, na verdade ele até tinha motivos para isso, mas não o fez, ficou ao lado dela até o fim e juntos recuperaram tudo.
Então acho que as pessoas deviam pensar mais sobre isso.
Para sempre é uma história emocionante, repleta de desafios e o melhor de tudo é que é real, não é um conto de fadas, e isso só prova que o amor não é uma farsa, não é uma história de ninar, existe sim o amor, os príncipes e as princesas, só não são reconhecidos.
Talvez a princesa não esteja de vestido brilhante, e talvez o príncipe não seja perfeito, ou rico, ou até mesmo tenha um cavalo.
Talvez sejam apenas pessoas simpáticas vestindo uma jaqueta esportiva, são pessoas de coração bom.
Recomendo totalmente o livro/filme Para sempre."


*Aninha*





3 comentários:

  1. Esse livro já está na minha lista de leitura e vou ver o filme também!
    Bem legal a sua resenha ;)

    Beijinhos
    Renata
    http://escutaessa.blogspot.com.br
    http://www.facebook.com/BlogEscutaEssa
    @blogescutaessa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também estamos curiosos para saber se o filme é tão bom quanto o livro.

      Obrigado pela visita..

      Excluir
  2. confesso não estava animada pra ler esse livro, mas sua resenha realmente me inspirou a juntar dinheiro e comprar hahaha, achei que seria aqueles clichezinhos sempre esperados, mas pela sua resenha acredito que não hahaha, concerteza colocarei na frente de alguns livros na minha lista

    ResponderExcluir

Ficamos muito felizes quando você comenta e nos faz saber no que erramos e acertamos. Comente! Isso é muito importante.

 
| Floreios e Borrões | Copyright © 2014 | Código by Ipietoon | Design Marcelle Dantas |